“Se eu for um líder consciente, vou à falência!”

Confira o artigo produzido por Sandra Pinho Pinheiro para o Blog do Capitalismo Consciente Brasil:

“Se libertar meus escravos, vou à falência!” (Liderança agro-pecuarista – 1888)

“Se atender às leis trabalhistas, vou à falência!” (Liderança industrial – 1943)

“Se atender às boas práticas ESG, vou à falência! (Liderança empresarial – 2022)

Os posicionamentos acima reacionários e em momentos importantes da economia brasileira demonstram, de um modo enviesado, o aumento da consciência da sociedade ao passar dos tempos. Essa impressão é corroborada pela análise aprofundada e fundamentada em fatos, dados e estudos no livro “Era do Impacto” (James Marins, 2019). A leitura, que recomendo, nos dá esperança demonstrando a curva exponencial da evolução consciencial da humanidade, através da transformação massiva que estamos vivenciando, conforme o autor e conselheiro da Filial Regional do Capitalismo Consciente em Curitiba.

No capítulo #6.4, considera: “o elemento mais intrigante de toda nossa curta história (e de nossa longa pré-história) permanece sendo o que somos hoje, é a chocante percepção de que nossa evolução não foi apenas física (a máquina de sobrevivência) ou intelectual (o ser computacional), também foi consciencial (abstrata, metafísica, ética, moral, espiritual…) Essa é uma característica exclusivamente humana e o código secreto de nosso autodescobrimento.”

Pontuo, no entanto, que não considero a Agenda ESG (boas práticas empresariais nas dimensões eco ambiental, social e de governança) uma abordagem consciencial, já que os parâmetros foram criados pelo mercado financeiro e de capitais visando minimizar seus riscos de investimentos. Porém, avalio que essa iniciativa impulsiona e revigora o atendimento à Agenda 2030 elaborada pela ONU e mais 193 países, esta sim, de cunho global e consciencial para buscar reverter os impactos negativos ao meio ambiente e à população, principalmente as mais afetadas pela crise climática, fome e movimentos migratórios.

Implantar a agenda ESG leva mesmo à falência?

Acesse aqui o conteúdo completo do artigo produzido por Sandra Pinho Pinheiro, conselheira do board do Prêmio Impactos Positivos 2022, para o Blog do Capitalismo Consciente Brasil e descubra a visão de Sandra sobre o assunto de implementação de ESGs e Liderança Consciente.

Nossos parceiros no Impactos Positivos desempenham um papel fundamental em promover e fortalecer o ecossistema de impacto no Brasil.

Faça parte desse ecossistema também!

Fique por dentro das novidades e atualizações sobre o

Prêmio Impactos Positivos.